Título de Capitalização, o que você deve saber

Uma das opções preferidas dos gerentes de bancos como “investimento” aos novos clientes é o Título de Capitalização. Esse é um dos produtos mais “micos” que podem existir no mercado. E os gerentes empurrar para quem está abrindo uma nova conta. Imagine que você está indo ao banco pela primeira vez para abrir uma conta salário. O gerente então começa a desfiar uma série de pérolas sobre aplicações para cima de você. O argumento geralmente é o mesmo, é assim:

– Então, agora que você é nosso cliente, já tem uma conta, tem que pensar no seu futuro e começar a fazer aplicações. Tenho o produto certo para você! É um título de capitalização.

Como você está prestando a atenção no que ele está falando, e com ar de interessado, ele continua…

– Com o título de capitalização você coloca todo mês uma pequena quantia, concorre a prêmios pela Loteria Federal e ao final da aplicação recebe o seu dinheiro corrigido.

Pronto, você acabou de ser pego…. Ganhar prêmios e ter o que pagou de volta corrigido? Nada melhor, certo? Totalmente errado. Com um título de capitalização você vai SEMPRE perder dinheiro. Vamos tentar explicar passo-a-passo.

Vamos inicialmente ver as principais as características desse “investimento”.

1. Título de Capitalização não é investimento e nem tão pouco poupança. Não é investimento porque é regulado pela SUSEP – Superintendência de Seguros Privados.

2. Não é poupança por que exige prazo de carência para resgate, enquanto na poupança a movimentação é livre.

3. As aplicações em títulos de capitalização não possuem garantia de ressarcimento ou indenização em casos de irregularidades da instituição financeira.

Consultamos as condições gerais de um título de capitalização de uma grande instituição financeira como estudo do nosso artigo:

Prazo: 48 meses

Prestação mensal: R$100,00 (É bem baratinho, não? Cabe no bolso!)

Sorteio: Você recebe um número para sorteio mensal e vai torcendo para que ele dê na cabeça na loteria federal.

Resgate: Há duas formas de se resgatar o valor aplicado: Após os 12 meses de carência, mas nesse caso você recebe apenas metade do valor investido. Ou somente ao final do prazo de vigência do título, ou seja, ao fim dos 48 meses, quando você terá direito a 100% do valor constituído na reserva de capitalização. É aqui que começa a fria!

Pagamento refere-se ao prazo do título do nosso artigo: 48 meses

Reserva de capitalização: representa quanto efetivamente dos R$100,00 aplicados mensalmente vai ser corrigido e devolvido a você ao final dos 48 meses. No nosso caso do 1º mês ao 3º a sua reserva a ser formada representa 50% dos R$100,00 que você pagou. Trocando em miúdos, no período você pagou R$300,00, mas só R$150,00 vão ser a sua parte.

Correção da Reserva de Capitalização: é atualizada mensalmente no 1º dia do mês pela taxa de remuneração básica aplicada à caderneta de poupança à taxa de juros de 0,5% ao mês, gerando o valor de resgate do Título.

Cota de sorteio: do valor aplicado mensalmente – R$100,00 – é descontado R$3,36 para formar o valor do sorteio.

Custo de carregamento: é a taxa de administração que a instituição cobra – também mensalmente – para administrar o título. São despesas administrativas e encargos diversos. O valor inicial é R$46,64, e após o 4º mês passa a ser R$5,48.

Vale lembrar que as parcelas mensais, que inicialmente são de R$100,00, são corrigidas anualmente pelo IGP-M.

Fizemos uma simulação começando em 2009 e terminado em 2013, portanto 48 meses. Ficou assim:

A prestação inicial foi de R$100,00. Na 48ª parcela corrigida pelo IGP-M passa a ser de R$125,54. O valor total que você pagou ao longo dos 48 meses chega a R$5.403,58. O que você vai receber já corrigido é R$5.442,96. Pois ao longo do tempo de aplicação, a cota de carregamento alcançou o valor de R$419,60, e a cota de sorteio R$181,56.

 Mas o pior vem agora. Se você tivesse se programado e tivesse aplicado numa poupança, depositando mensalmente os mesmos valores pagos ao título de capitalização, você teria ao final dos 48 meses um total de R$6.143,23. Como você não fez isso, o seu prejuízo foi de R$703,27.

A conta você sabe qual é: Reserva de Capitalização Corrigida – Poupança = Lucro ou Prejuízo

R$5.442,96 – R$ 6.143,23= – R$703,27

 Post em parceria com Círculo Comunicação.

Isenção de responsabilidade: Este artigo foi desenvolvido com objetivo meramente didático, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra ou venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra ou venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste artigo foram consideradas razoáveis na data em que foi editado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. O criador do BLOG não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações.

Anúncios

One Response to Título de Capitalização, o que você deve saber

  1. Pingback: Aprender a Investir | Quantum Investimentos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: